Ouça agora na Rádio

N Notícia

© AP Photo / Peter Leonard

FOTO: © AP Photo / Peter Leonard

Comitê do Tajiquistão neutraliza célula terrorista que preparava ataques contra base russa

Nesta quarta-feira (1), o centro de relações públicas do Comitê de Segurança Nacional do Tajiquistão comunicou que no território tajique foi neutralizada uma célula terrorista do Partido do Renascimento Islâmico, proibido no país, que preparava ataques inclusive contra uma base militar russa.

Informações compartilhadas Sputnik Brasil

De acordo com o centro, todos os 14 integrantes da célula foram detidos por agentes do comitê em fevereiro deste ano. Em março, no decorrer das celebrações da festa de Noruz, comemorada por vários grupos étnicos como o início do Ano Novo, os terroristas planejavam levar a cabo ataques de grande escala, inclusive contra a 201ª base militar russa situada na capital do país, Dushanbe.

O juiz da cidade de Dushanbe sentenciou dois organizadores da célula, Fakhriddin Gulov e Makhmudzhon Azamov, a 26 anos de prisão. Os outros integrantes foram condenados a sete anos de prisão. Todos foram acusados de recrutamento, organização de atividade extremista, bem como de terrorismo e atravessamento ilegal da fronteira. 

De acordo com o centro, os organizadores tinham passado por um treinamento especial em uma base situada no Afeganistão, e depois participaram de ações de combate ao lado da organização terrorista Daesh (proibida na Rússia e em vários outros países). 

Segundo detalhou o Comitê de Segurança Nacional, o Partido de Renascimento Islâmico financiava diretamente o envio de jovens ao Afeganistão para obterem preparação de combate.

FONTE: SPUTNIK BRASIL
Link Notícia

Leia também